Graduação

A Universidade Federal Fluminense é uma das 10 maiores universidades brasileiras, segundo ranking divulgado em 2014 pela  CWUR ( Center for World University Rankings). 

O Curso de Graduação em Medicina, um dos mais tradicionais da Universidade Federal Fluminense, apresenta-se como o curso com o maior número de alunos da área da Saúde e, neste indicativo, entre os três maiores cursos da UFF.

Com evasão extremamente baixa, apresenta o melhor índice na TSG (Taxa de Sucesso na Graduação), o que o coloca como o curso que mais contribui para a matriz orçamentária utilizando-se este indicador – cerca de15% (quinze por cento).

Além disto, coloca-se entre os cursos com a maior relação candidato/vaga no Concurso Vestibular dentre os cursos da UFF e dentre os cursos congêneres das universidades públicas do Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente, o corpo discente, com cerca de mil alunos, representa, segundo os mais recentes relatórios da PROPLAN/PLI, em torno de 5 % dos alunos matriculados na UFF.

As sucessivas modificações processadas no sistema de saúde, em particular ao que concerne aos cuidados básicos em saúde, determinaram a necessária atualização dos currículos das escolas médicas.

Este novo modelo visa os alcances dos objetivos coerentes com a realidade, através da elaboração de estudos e planejamentos realmente eficazes. Além disso, ele inclui a necessidade de uma grande revalorização da interação ser humano / sociedade / meio ambiente na formação integral do médico, de tal forma que ao final do curso o recém-formado possa atender às necessidades básicas de uma população, desempenhando tarefas e cuidados primordiais de promoção, prevenção, cura e reabilitação.

O nosso modelo curricular representa a busca por uma integração de eixos, nos sentido horizontal e vertical.

(VIDE O MODELO NOS ANEXOS INDEXADOS ABAIXO)

No eixo horizontal, temos representado o avanço progressivo na complexidade das matérias, enquanto no eixo vertical temos a integração entre a formação científica e o treinamento das habilidades práticas. Este enfoque vai acompanhando o desenvolvimento total do curso, permitindo que você tenha um contato progressivo (e cada vez mais complexo) com a realidade onde você deverá atuar.

A organização estabelecida neste modelo curricular foge aos padrões habituais dos cursos, com programas práticos e teóricos. A proposta é baseada em um modelo com quatro programas independentes, mas planejados de forma que um programa sirva, a cada momento, de pré-requisito ou de elemento motivador para o outro e vice-versa. Os programas que compõem o seu Curso de Medicina são:

• Programa Teórico-Demonstrativo – PTD
• Programa Prático-Conceitual –PPC
• Programa de Internato  - PI
• Programa de Iniciação Científica –PINC 
     
O Programa de Iniciação Científica se desenvolve como elemento de formação distribuído paralelamente aos programas supracitados. Neste programa estrutura-se uma base de caráter obrigatório no Programa Prático Conceitual, complementada por atividade de natureza inicialmente optativa as quais, no futuro, deverão agregar-se definitivamente ao corpo curricular. Esta base e seus complementos culminarão com a apresentação do Trabalho Monográfico de Conclusão do Curso.

Estes Programas são compostos por disciplinas. Elas são trabalhadas por professores de um ou mais Departamentos de Ensino. Assim, o Curso de Medicina conta com professores de diversos Departamentos de Ensino, vinculados a diversas Unidades; o Instituto Biomédico, o Instituto de Biologia, o Instituto de Saúde da Comunidade e a Faculdade de Medicina. Nos três primeiros se concentram as atividades da 1ª e 2ª Fases do Programa Teórico-Demonstrativo. O Instituto de Saúde da Comunidade participa do Programa Prático–Conceitual, nas suas quatro fases. A Faculdade de Medicina á a responsável pelo programa Teórico-Demonstrativo nas 3ª e 4ª Fases, pelo Programa de Internato e participa do programa Prático-Conceitual, além de auxiliar a Coordenação de Curso na administração do Programa de Iniciação Científica.

O Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP) é o grande campo de ensino de seu curso.

Cabe à Coordenação do Curso o elo entre estas instâncias e o Colegiado de Curso. O Colegiado de Curso é composto por representantes de Departamentos de Ensino, cujos professores integram o corpo docente e ainda por alunos indicados pelo Diretório Acadêmico.

A Coordenação de Curso é o órgão responsável pela execução das deliberações do Colegiado de Curso e pelo cumprimento e fiscalização das normas estabelecidas pelo regulamento dos Cursos de Graduação, além de outras determinações oriundas as Administração Central e dos Conselhos Superiores (Conselho Universitário e Conselho de Ensino e Pesquisa).

O Coordenador de Curso é um professor, escolhido por alunos e professores, para atuar como organizador e elemento de ligação entre as diversas instâncias (Departamentos de Ensino, Colegiado de Curso, Faculdade de Medicina, Centro Universitário e Reitoria) e o alunado. Cabe ainda ao Coordenador de Curso a presidência do Colegiado de Curso.

 

O Colegiado de Unidade é composto por representantes de todos os departamentos da Faculdade de Medicina, além de representação discente

DECISÃO CUV Nº. 108/2010

(15 DE DEZEMBRO DE 2010)

PRESIDENTE
Prof. Prof. José Carlos Vieira Trugilho  (Diretor CMM)
VICE PRESIDENTE

Prof. Jocemir Ronaldo Lugon (Vice Diretor CMM)
Departamento de Cirurgia Geral e Especializada - MCG

Prof. Guilherme Herzog Neto (Titular)
Prof. Prof. José Carlos Vieira Trugilho  (Suplente)
Prof. Ronaldo Pessanha Pombo(Titular)
Prof. Manoel Fernando de Oliveira Rodrigues (Suplente)

Departamento de Medicina Clínica – MMC

Prof. Rubens Antunes da Cruz Filho (Titular)
Prof. Pedro Ferreira Moreira Filho (Suplente)
Prof. Luiz Sérgio Keim (Titular)
Prof. Sandra Maria Barbosa Durães (Suplente)

Departamento Materno Infantil

Prof. Flávio Augusto Prado Vasques (Titular)
Prof. Rafael Del Castilho Vilhalba (Suplente)
Prof. Adauto Moraes Dutra (Titular)
Prof. Marco Antonio Gomes Andrade (Suplente)

Departamento de Patologia

Prof. Maria da Graça Antunes de C. S. Sampaio (Titular)
Prof. Salim Kanaan (Suplente)
Prof. Rita de Cássia Lauria Gonçalves da Silva (Titular)
Prof. Silvia Suzana Bona de Mondino (Suplente)

Departamento de Radiologia

Prof. Alberto Domingues Vianna   (Titular)
Prof. Alessandro Severo Alves de Mello (Suplente)
Prof. Alair Augusto Sarmet M.D. dos Santos (Titular)
Prof. Maria Lucia de Oliveira Santos (Suplente)

Representação Discente

Ighor de Barros Martins - DABT (Titular)
Priscila de Freitas Amorim - DABT (Suplente)
Luís Felipe Martins - DABT (Titular)
Hassan Rahhal - DABT (Suplente)

O Colegiado de Curso de Medicina é composto por representação docente das unidades que ministram aulas para o curso de Medicina e por discentes. As reuniões acontecem mensalmente na coordenação de curso.

Link para as unidades que compõe o curso de Medicina:

Instituto de Biologia UFF- http://www.biologia.uff.br

Insituto Biomédico UFF- http://www.uff.br/biomedico/

Instituto de Saúde da Comunidade: http://www.uff.br/isc/site_2_5/

As instruções para a tabulação de carga horária referente a atividades complementares segue em link abaixo.